domingo, 27 de julho de 2008

Coisas do Machadão...

Olá!
Bem, não tenho escrito com a assiduidade que gostaria, mas não vou usar a falta de tempo como desculpa. Tempo eu tenho e até para não fazer nada!
O que me impede de escrever é simples: Palavras.
Sim senhor! Me faltam palavras! Os que me conhecem devem agora estar rindo e pensando: "Até parece! A Dani não fecha as tramelinhas!"
Pois bem, hei de me defender:
Sim, meu amigos! Eu realmente falo pelos cotovelos, mas não sei escrever. Quantidade não é sinal de qualidade. Falo muito, porém, quase nunca completo um pensamento ou caso que tenha começado. Na maioria das vezes os pensamentos atropelam as palavras, saem aos tropeções e o meu ouvinte, coitado, fica sem entender nada ou, como acontece com os mais chegados, riem muito com a minha trapalhada. Então fico envergonhada e acabo deixando pra lá ou dizendo apenas "você entendeu", pra fim de conversa.
...
Ando lendo Machado de Assis. E estou maravilhada com minha recém descoberta da metalinguagem. Como é bom aqueles livros que não deixam você desgrudar os olhos deles! Outro dia, lendo o final de Dom Casmurro, perdi a estação em que devia descer, desci na seguinte e tive que voltar, mas foi até bom, pois tive mais tempo para ler.
E quando descubro um autor, e gosto, leio mais de um livro seguido. Comecei com "Memórias Póstumas de Brás Cubas", li Dom Casmurro e agora estou no Quincas Borba. Quero ler também a peça " Queda que as mulheres têm para os tolos". Se alguém tiver , ou souber de algum e-book, me mandem o link que eu agradecerei! :) 
 Muito legal o Machadão. Vocês deviam ler. Se já leram, releiam e depois me contem se o texto muda. Eu sempre acho que muda.
Um livro que eu quero ler mas ele nunca aparace (ou quando aparece, foge logo), é "Crime e Castigo" de Dostoiévski. Ainda esse ano pego ele de jeito.
Bom...cansei de escrever, essa coisa me cansa. Prefiro falar, mesmo que os pensamentos...bem...vocês entenderam!

Até mais!

Um comentário:

  1. O que pensas e sente ainda não é poesia... Drummond.

    ResponderExcluir

Parla criança!